Estrutura


SEDE ADMINISTRATIVA
A sede administrativa do Daepa foi inaugurada em 1997, e está localizada na Rua Rio Branco, 211, no Bairro Cidade Jardim. Com 550 m² de área construída, o prédio abriga os setores contábil, financeiro, recursos humanos, controladoria interna, saneamento e superintendência.

   

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTOS - CÓRREGO RANGEL
A Estação de Tratamento de Esgotos do Córrego Rangel foi construída em uma área de aproximadamente 290.000 m², o que equivale a 38 campos de futebol, onde foram construídas duas lagoas facultativas com 20.700 m² cada, com capacidade de receber 160.000.000 litros de esgotos;  e quatro lagoas de maturação com 7.400 m² cada, com capacidade de receber 57.000.000 litros de esgotos.
 
Após todo o processo de tratamento, a água é lançada ao Córrego Rangel, com o índice de eficiência superior a 80%, acima do exigido pelo COPAM, que é de 60%. 
  
 
  
ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA - BAIRRO SÃO JUDAS
A Estação de Tratamento de Água do Bairro São Judas está localizada no final da Av. Rui Barbosa, às margens da BR 365, e foi construída em uma área de aproximadamente 10.000 m², cuja qual conta hoje com quatro reservatórios com capacidade total de mais de 5.000.000 de litros de água tratada.
 
A água bruta que chega do Córrego Feio e da Captação das Bombas Velhas recebe primeiramente a cal hidratada e o sulfato de alumínio, que são responsáveis pela decantação, ou seja, a aglutinação de barro, algas, Iodo, etc. Em seguida, vai para os filtros, eliminando quaisquer partículas de impurezas. Ao final deste processo a água já está limpa e cristalina.
 
Em um segundo processo de tratamento, é feita a desinfecção com o cloro gasoso, que é injetado nas redes e se torna líquido, inibindo as bactérias nocivas à saúde humana.
 
Por último, a fluoretação, que significa a injeção de flúor na água, na prevenção de cárie nos dentes.



ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO - SÃO JOÃO DA SERRA NEGRA
Em terreno de 11.274 m², em operação a Estação de Tratamento de Esgoto do Distrito de São João da Serra Negra, composta de dois reatores tipo UASB com filtros, dois leitos de secagem, queimador de gás e rede coletora de aproximadamente 1.200 metros.
 
Esta obra irá despoluir o Rio Espirito Santo, pois, o esgoto gerado naquele distrito sempre foi jogado naquele rio sem tratamento.



ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO - BAIRRO SERRA NEGRA
Em fase final de acabamento a Estação de Tratamento de Esgoto do Bairro Serra Negra, composta de  seis lagoas, sendo quatro facultativas e dois anaeróbias, em uma área de terreno de 123.200 m², sendo que as lagoas e a casa de bombas ocupam uma área de 4.000 m² e 1.000 metros de rede coletora de esgotos do Bairro Serra Negra até a referida estação de tratamento.
 
Esta obra irá despoluir o Rio Dourados, já que o esgoto gerado nos Bairros Serra Negra, Nações  e Jardim Europa são jogados sem tratamento naquele rio.



ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO - SILVANO
Ocupando uma área de 22.000 m² de terreno, em operação a Estação de Tratamento de Esgotos do Distrito de Silvano, composta por uma lagoa facultativa de 5.000 m² e mais de 3.000 metros lineares de rede coletora e tomadas residenciais.
 
Esta obra veio solucionar grave problema dos moradores do distrito que não tinham como escoar seus esgotos e eram obrigados a utilizar fossas nos quintais de suas casas, havendo ocorrência de até quatro fossas saturadas em um mesmo imóvel.



ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO - SALITRE

Em um terreno de 10.000 m², em construção a Estação de Tratamento de Esgoto de Salitre de Minas, composta de reator UASB, estação elevatória final – EEEF, tratamento preliminar, casa de controle e leito de secagem.

Esta obra irá despoluir o Rio Salitre, já que atualmente todo o esgoto gerado no distrito é lançado naquele rio. 

 

Compartilhar: Facebook
Copyrights © 2013 - Todos os direitos reservados. Desenvolvimento: